Pagamentos por aproximação e biometria avançam

Por Martha Funke | De São Paulo

Apesar das inovações aportadas no mercado de meios de pagamentos pela transformação digital, o plástico ainda tem sobrevida garantida nos próximos anos como componente de um portfólio vasto construído para atender diferentes perfis de compradores e vendedores. Entre as experiências testadas até agora no país incluem-se os pagamentos por aproximação - com as tecnologias NFC, que funciona por campo de proximidade, e MST, que emula a tarja do cartão -, e as carteiras digitais como Samsung Pay, disponível também em aplicativos dos bancos.