4

Grau de investimento, volta ao passado?

Por Mário Mesquita

Há no mercado financeiro internacional duas divisões, a dos países cujos títulos possuem o chamado grau de investimento, que podem ser comprados por todos os tipos de investidores, de fundos soberanos a fundos de pensão, passando por assets e fundos de hedge; e daqueles de grau especulativo, que são objeto de interesse de uma gama mais restrita de investidores e cujos ativos geralmente são comprados por fundos dedicados, especializados em operações com risco mais elevado.