3

Biografia na fogueira

Por Rosângela Bittar

Há uma linguagem característica da propaganda política, do discurso palanqueiro do candidato que depois fica impregnado no governante no qual, se o orador for realmente bom, seu eleitorado engole fácil o gato por lebre, desatento à tentativa de confundi-lo. Competente o autor, a enganação passa até para os mais letrados. Se canastrão for, seu ouvinte nota o erro e cresce o fosso da desconfiança. O estado em que se encontra o eleitorado de Dilma Rousseff é de perplexidade. Contínua.